Carregando...

Publicidade

Ex-mulher do ex-governador do Ceará, atriz Patrícia Pillar declarou seu voto em Ciro, em vídeo divulgado pela conta do pedetista em rede social. (Foto: Instagram/Reprodução)

Corrida Presidencial: Ciro Gomes mira eleitorado de Alckmin e Marina.

Apontado por pesquisa como principal 2ª opção de voto entre eleitores de Haddad e Marina, pedetista busca Sudeste.

21/09/2018

Brasília. Com dificuldades em desidratar a candidatura de Fernando Haddad (PT), que tem crescido nas pesquisas eleitorais, o candidato do PDT à sucessão presidencial, Ciro Gomes, mudou sua estratégia eleitoral e agora priorizará os eleitores do campo de centro. Considerado a principal segunda opção na disputa deste ano, como mostrou pesquisa Datafolha, ele moldará o discurso público para tentar se viabilizar como a "terceira via" e avançar sobre aqueles que hoje declaram intenção de votar em Geraldo Alckmin (PSDB) ou Marina Silva (Rede).

A ideia dele é de se apresentar como um candidato moderado e que poderá evitar um segundo turno entre os dois polos radicais desta campanha eleitoral: PT e PSL. Para isso, ele reforçará propostas nas áreas de saúde e educação, que possuem mais apelo entre o eleitorado de centro. "A estratégia é não ser nem coxinha nem mortadela, mas ser rapadura: duro, porém doce", disse o presidente do PDT, Carlos Lupi.

Lula

Inicialmente, com a entrada de Haddad na disputa presidencial, o objetivo de Ciro era tentar herdar as intenções de voto do ex-presidente Lula, argumentando que era aposta mais competitiva e preparada do campo de esquerda. O esforço, contudo, não surtiu o efeito desejado. Haddad tem tido êxito na transferência de votos de Lula e tem se isolado em segundo lugar.

Para viabilizar a nova estratégia, Ciro irá dedicar as duas últimas semanas de campanha eleitoral a caminhadas e encontros no Sudeste, onde Alckmin tem seu melhor desempenho no País e onde o percentual de indecisos é maior. Segundo a última pesquisa Datafolha, Ciro é hoje a principal segunda opção de voto dos eleitores que pretendem votar em Haddad e Marina. Entre os que tem preferência em Alckmin, ele fica atrás só de Marina.

Ontem, Ciro agradeceu nas redes sociais o apoio da atriz Patrícia Pillar, que gravou vídeos para desmentir boatos de que teria sido agredida pelo político.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 218019

Visitantes online: 8