Carregando...

Publicidade

Primeiro turno, no dia 7 de outubro, se aproxima, e urnas eletrônicas começam a ser preparadas no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, em Curitiba. (Foto: AFP)

Próxima Quinta: Acaba prazo para tirar 2ª via do título.

Eleitores que desejam votar nas eleições deste ano com o documento precisam providenciar pedido em posto do TRE.

24/09/2018

A próxima quinta-feira (27) é o último dia para o eleitor requerer a segunda via do título dentro do seu domicílio eleitoral, dirigindo-se a um cartório eleitoral. Sem o título, o eleitor pode votar também com qualquer documento oficial com foto, como o RG. Caso não compareça ao primeiro turno, o eleitor terá até o dia 6 de novembro para justificá-lo. Para quem não comparecer em segundo turno, a data final é no dia 27 de dezembro.

O próximo dia 2 de outubro é a data a partir da qual nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito. Desde o último sábado, candidatos também não podem mais ir para a cadeia.

No dia 4 de outubro, acaba a propaganda política mediante reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, entre 8h e 24h, com exceção do comício de encerramento da campanha, que poderá ser prorrogado por mais duas horas.

Também no dia 4 será o último dia para a realização de debate no rádio e na televisão. No dia 5, acaba o prazo para a divulgação paga de propaganda eleitoral em jornal imprenso e internet. Já o dia 6, véspera do primeiro turno, é o último para a propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som, bem como a distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata ou carro de som que transite pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

Apuração

O aplicativo da Justiça Eleitoral, campeão de downloads nas eleições de 2014, já tem sua versão para 2018 e a expectativa é que seja um recorde de acessos. Neste ano, o aplicativo foi rebatizado para "Resultados 2018".

A ferramenta é gratuita e a expectativa é que esteja disponível até o final de setembro para tablets e smartphones que operam com os sistemas Android e IOS. Há quatro anos, segundo o TSE, a plataforma foi disponibilizada apenas para aparelhos com sistema Android e foi chamada de "Apuração 2014". O aplicativo foi baixado em 2,7 milhões de dispositivos.

Pesquisa

Pelo aplicativo, os eleitores poderão acompanhar a contagem dos votos em tempo real.

Na tela da pesquisa, aparecerá, por exemplo, o quantitativo de votos para cada candidato com a indicação dos eleitos ou, no caso da disputa para governador e presidente da República, dos que irão para o segundo turno. Também é possível selecionar os candidatos favoritos e visualizá-los com destaque.

Com o app, o eleitor também poderá conferir o desempenho nas urnas do candidato a presidente em cada estado.



Total de acessos: 240287

Visitantes online: 1