Carregando...

Publicidade

Beneficiários de qualquer idade poderão sacar os valores nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil de qualquer parte do Estado, até o próximo dia 28 de setembro. (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Data Final é Sexta-Feira: 130 mil cearenses ainda não sacaram o PIS/Pasep.

Montante em benefícios soma R$ 189,1 milhões e, segundo economista, deve ser aplicado para quitação de dívidas.

25/09/2018

Mais de 130,4 mil cotistas cearenses dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), com menos de 60 anos, no Ceará, têm até sexta-feira (28) para sacarem R$ 189,1 milhões. Conforme o economista Alex Araújo, a prioridade para quem receber esse dinheiro extra é pagar dívidas. Ele destaca que os recursos são importantes, tendo em vista que aquecem a economia, especialmente no atual momento que o Brasil atravessa, de "uma perda econômica muito séria".

"A gente tem visto ao longo do último ano que passou e neste ano de 2018 que sempre que há a liberação de recursos como estes - liberação do 13º salário, do FGTS, PIS, etc. - o próprio consumidor já tem naturalmente uma priorização definida para esses recursos: a redução do endividamento". Em segundo lugar, cita como indispensável reservar uma parte do montante recebido para a poupança. Em terceiro, direcioná-lo para o consumo.

Ainda que o dinheiro não seja imediatamente direcionado para o consumo, a regularização das dívidas vai permitir que o consumidor fique apto a realizar novas compras. O que ajuda nas vendas futuras do comércio em períodos importantes como o Natal.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

"É a mesma coisa com relação ao início do ano, quando o consumidor gosta muito de aproveitar aquele calendário de liquidações. Então, é importante que o consumidor volte a ter capacidade de pagamento para aproveitar bem todos esses momentos".

Diante da incerteza em relação ao futuro político e econômico do País, faz com que "essa atitude mais cuidadosa, mais protegida, seja realmente a mais indicada".

Banco do Brasil e Caixa

Do montante que será liberado no Estado, uma parte ocorrerá por meio do banco do Brasil e outra pela Caixa Econômica. Conforme o Banco do Brasil, somente no Estado, foram pagas 81.373 cotas do Pasep, no valor de R$ 87,2 milhões.

Agora, encontram-se disponíveis para saque 32.207 cotas, no total, o que representa R$ 74,7 milhões. No Brasil, como um todo, o valor disponibilizado é de R$ 4,42 bilhões.

No caso do PIS, segundo informou a Caixa Econômica Federal, 98.241 trabalhadores ainda não efetuaram o saque do PIS, estando ainda disponíveis R$ 114,4 milhões.

Liberação

Os saques do fundo PIS/Pasep estão liberados para cotistas de qualquer idade, mas, após o dia 28, poderão realizar o resgate apenas maiores de 60 anos, aposentados, militares reformados ou da reserva, beneficiários de amparo social, pessoas em situação de invalidez, portadores de HIV/Aids e de neoplasias malignas, bem como herdeiros de cotistas falecidos. Conforme determina a Lei 13.677/2018. Somente do PIS, já receberam o benefício 381.765 trabalhadores cearenses, somando um montante de R$ 447,2 milhões injetados a mais na economia local. Do público potencial de 28,5 milhões de pessoas que havia em 2017, mais de 15,5 milhões de trabalhadores já receberam os recursos, ou seja, 55% do total. Em outubro de 2017, as pessoas com menos de 60 anos representavam a maior parte dos cotistas do Fundo PIS/Pasep, somando 16,3 milhões de trabalhadores.

Como sacar

Para saber se tem direito ao benefício e o saldo, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.



Total de acessos: 218471

Visitantes online: 4