Carregando...

Publicidade

A Arena Castelão é conhecida internacionalmente pela festa dos torcedores cearenses com mosaicos. (Foto: Raisa Martins / SVM)

Técnico do Flamengo exalta torcidas de Ceará e Fortaleza: "Ambiente muito bonito"

O português Jorge Jesus relembrou os duelos do Rubro-Negro no Estado pela Série A do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Diário do Nordeste
10/03/2020

O técnico português Jorge Jesus, do Flamengo, enalteceu as torcidas de Ceará Fortaleza nesta segunda-feira (9). Durante entrevista ao programa Jogo Sagrado, do Fox Sports, o comandante afirmou que o futebol brasileiro deve ser mais comercializado e citou os jogos na Arena Castelão como exemplo de festa na arquibancada.

"Eu acho que o Brasil não vende muito bem o seu produto. O futebol brasileiro devia ser transmitido para Europa, China e Japão porque lá tem capacidade financeira, retorno. E o Brasil tinha que entrar no mercado por conta da qualidade e todo o cenário do jogo. Fomos jogar no Ceará, e para Ceará e Fortaleza o estádio é o mesmo. Lá foi um ambiente muito bonito e o Flamengo tava no topo, né? Então tínhamos tudo para vender o futebol da maneira melhor", explicou.

A atmosfera citada pelo treinador foi na Série A do Campeonato Brasileiro. Contra o Ceará, em agosto, 49.986 torcedores acompanharam o duelo com o Flamengo. Os alvinegros prepararam um mosaico com o escudo da equipe e do Rio Branco, instituição que originou o Alvinegro de Porangabuçu. A expressão 'Time do Povo' ainda foi exibida nas alas centrais.

Torcida do Ceará faz mosaico com emblemas antigo, da época em que o clube se chamava Rio Branco, e atual. (Foto: Rafaela Brasileiro / SVM)

Após a data, a delegação carioca retornou ao Estado em outubro para o duelo com o Fortaleza. Dessa vez, o público pagante foi de 49.101 espectadores, com os tricolores aproveitando a ocasião para lançar uma campanha que exaltava os clubes do Nordeste e criticava os 'mistos' - moradores de uma região que torcem para um time local e também para uma equipe de outra região.

O mosaico foi erguido no setor da Superior Sul. (Foto: Thiago Gadelha)

Vale ressaltar que o Estado do Ceará encerrou o Brasileirão com a melhor média de público por região, superando Rio de Janeiro (Flamengo, Botafogo, Vasco e Fluminense) e São Paulo (Corinthians, São Paulo, Santos e Palmeiras), com 29.505 pagantes. O Leão foi dono da vice-liderança entre os clubes, com 33 mil, enquanto o Vovô apareceu em 7º, com 26.010.

DIREITOS DE TRANSMISSÃO 

Oito clubes da Série A do Campeonato Brasileiro articulam e estudam a possibilidade da criação de um projeto que tem potencial para reformular as questões comerciais do futebol nacional. Ceará e Fortaleza estão entre eles. A informação foi divulgada pelo jornalista Lauro Jardim, do O Globo, na última segunda-feira (2), e confirmada pelo Diário do Nordeste.

Além dos times cearenses, outros clubes importantes no cenário nacional, como Corinthians, Atlético/MG, Bragantino, Botafogo e Sport também encabeçam a iniciativa.

De cara, é importante esclarecer que não se trata, de forma alguma, da intenção de se criar uma liga ou um campeonato em separação à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Trata-se, sim, de uma espécie de associação ou conselho, formado exclusivamente pelos clubes (sem a participação da CBF) para que os próprios times sejam os responsáveis por estar à frente de diversas questões comerciais que os envolvem.


Total de acessos: 407200

Visitantes online: 1