Carregando...

Publicidade

O Ceará se reapresenta hoje no Vovozão após a vitória contra o Cruzeiro no Mineirão na última quarta-feira. (Foto: Felipe Santos / Divulgação Cearasc)

Olhando para cima, foco do Ceará é não voltar ao Z-4.

Jogadores do Ceará focam em jogo com o Atlético/MG para não voltar ao Z-4 da Série A do Campeonato Brasileiro na próxima rodada, olhando assim para a zona da Copa Sul-Americana.

26/10/2018

A vitória do Ceará contra o Cruzeiro só confirmou o grande momento da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro. O Vovô, ao bater o time celeste por 2 a 0, em jogo atrasado da 28ª rodada, coleciona números positivos da campanha, que aumentam a confiança para as 8 rodadas finais.

Hoje, o Vovô está em sua melhor colocação de todo o campeonato (14ª posição), abriu 1 ponto do Z-4 e, de quebra, assumiu a 6ª colocação no returno com 18 pontos e 54% de aproveitamento, superior à campanha do Atlético/MG em toda Série A (6º colocado, com 51,1% - que hoje o dá vaga na Pré-Libertadores).

O momento favorável aumenta a confiança para a sequência final. Mas, ao mesmo tempo, aumenta a responsabilidade dos jogadores para uma nova etapa: manter-se firme na zona intermediária e não voltar ao Z-4. E se manter firme na zona intermediária pode significar uma classificação para Copa Sul-Americana, que no momento dá a última vaga para o 13º colocado.

“Nós lutamos muito para sair da zona de rebaixamento e agora é trabalhar para não voltarmos. Sabemos que é mais difícil se manter fora dela e a concentração precisa ser maior nas rodadas finais”, declarou o zagueiro Luiz Otávio.

Precisando de 11 pontos para se manter na elite, o Vovô ainda enfrenta o Atlético/MG (no Castelão, às 20 horas, na segunda-feira), Sport (F), Inter (C), Bahia (F), Fluminense (F), Paraná (C) e Vasco (F). “Vamos lutar até o final. Sair da zona dá um alívio, mas temos mais 8 jogos para manter o Ceará na Série A”, disse o atacante Arthur.



Total de acessos: 235016

Visitantes online: 7