Carregando...

Publicidade

"The Guardian" cobriu ao vivo a eleição no Brasil. (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Imprensa internacional destaca vitória de Bolsonaro.

Jornais estrangeiros descrevem capitão como "populista" e representante da "extrema direita".

29/10/2018

O jornal italiano "Corriere Della Sera" estampou o resultado da eleição no alto de sua página e destacou a imagem do presidente eleito durante a votação, ao lado de sua esposa Michelle.


Jornal italiano destacou os números da apuração no Brasil. (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

O francês "Le Monde" anunciou em seu portal a vitória de Bolsonaro e o tratou como representante da "extrema direita", denominação que o militar rejeita. O americano "The New York Times" descreveu como um "populista de direita" em sua chamada na sua página principal na internet.


Francês "Le Monde" chamou Bolsonaro de "extrema direita". (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Já o "Washington Post", também americano, citou que a eleição do deputado do PSL marca a maior mudança política no Brasil desde o fim da ditadura militar.


Total de acessos: 234982

Visitantes online: 20