Carregando...

Publicidade

Chamusca comandou o Ceará em 64 jogos e conquistou 34 vitórias. (Foto: Lucas Moraes/CearaSC)

"Minha torcida é muito grande para que o Ceará permaneça", diz Marcelo Chamusca.

O ex-treinador Alvinegro esteve à frente da equipe no acesso à Série A em 2017 e no bicampeonato estadual deste ano.

06/11/2018

Ex-treinador do Ceará, Marcelo Chamusca afirmou que torce para que o Vovô permaneça na Série A do Campeonato Brasileiro. Comandante da equipe no acesso à elite do futebol nacional em 2017 e no bicampeonato estadual de 2018, Chamusca elogiou bastante Lisca, atual treinador Alvinegro.

"Minha torcida é muito grande para que o Ceará permaneça (na elite do futebol). O trabalho que o Lisca vem fazendo junto com os jogadores e todos nos clube é merecedor de permanecer porque conseguiu fazer uma reversão incrível e estão de parabéns por essa excelente campanha. É um trabalho muito bom que vem sendo feito pelo Lisca. Um trabalho excelente de remontagem, aproveitando uma estrutura que a equipe já tinha, mas com as contratações que aconteceram na parada da Copa o time voltou com uma postura diferente", parabenizou Chamusca.

"Eu acho que os 12 jogos foram importantes para os atletas entendessem melhor a competição e se adaptassem à condição do torneio. Os atletas que foram contratados, principalmente na parte ofensiva da equipe, corresponderam muito bem, conseguindo encaixar numa mecânica de jogo muito interessante e hoje o Ceará vive um grande momento. Saiu da zona de rebaixamento, está jogando bem, dando alegria à torcida que, diga-se de passagem, é um dos fatores importantes nessa reversão".

Querido pela torcida do Vovô, Marcelo Chamusca elogiou a força da massa Alvinegra que tem sido muito importante na "arrancada" do time na briga pela permanência na Série A.

"Nos momentos de dificuldades da equipe a torcida esteve presente e acreditou que iria sair (do Z4), foi aos jogos, lotou os estádios, como a torcida do Ceará sempre fez, sempre foi um exemplo nesse sentido", comentou. "Para você sair de uma situação de onde o Ceará saiu é uma junção de fatores: torcida, comissão técnica, jogadores. Os jogadores que chegaram, que compraram a dificuldade do clube estão dando a vida a cada jogo".

Atualmente em 15º da tabela com 37 pontos somados, o Alvinegro tem três pontos a mais que o Vitória (17º) e um ponto a menos que o Vasco (13º).

"O time hoje está num momento muito bom, de crescimento, de confiança e tem tudo para continuar nessa sequência positiva e permanecer na Série A. A torcida que eu tenho é pelo clube, por tudo o que a gente conquistou, pelo tanto que difícil e o quanto a gente se empenhou", completou.

No próximo domingo (11), o Ceará enfrenta o Internacional/RS, às 16h (da capital cearense), pela 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasil, na Arena Castelão.



Total de acessos: 237520

Visitantes online: 19