Carregando...

Publicidade

O relatório da SPPDS aponta que 7,3 pessoas foram assassinadas por dia durante o mês de abril. (Foto: Rafaela Duarte)

Número de homicídios registrado em abril cresce 12,6% no Ceará.

O mês teve o maior número de assassinatos no Estado em 2019; apesar do crescimento, o valor ainda é menor em relação a 2018.

08/05/2019

A quantidade de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte - Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) - aumentou 12,6% durante o mês de abril, em relação a março, no Ceará. Ao todo, 213 assassinatos foram registrados no quarto mês deste ano, contra 190 no mês anterior. Já em comparação a igual período do ano passado, houve queda de 41%.

Os dados foram divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) na tarde desta terça-feira (7).

O maior número de homicídios registrado no período foi na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), com 82 assassinatos; seguida da Capital, com 52; Interior Sul, 44; e Interior Norte, 35. O relatório da Secretaria aponta que 7,3 pessoas foram assassinadas por dia durante o mês de abril.

Além disso, o quarto mês do ano foi o que teve o maior número de homicídios registrados no Estado durante 2019, superando janeiro, que teve 192 casos. Em fevereiro, no entanto, houve queda, com 164 CVLIs registrados. Em março, o número voltou a subir e 189 casos foram contabilizados.

Acumulado

No primeiro quadrimestre deste ano, 758 CVLIs foram contabilizados no Estado - a maioria deles praticados com arma de fogo. Apesar do aumento no mês de abril, a quantidade de homicídios nos primeiros quatro meses deste ano é 53% menor do que o registrado no ano passado, quando 1.624 assassinatos ocorreram.

A SSPDS apontou que esse é o menor balanço do quadrimestre de homicídios em 10 anos.



Total de acessos: 251390

Visitantes online: 1