Carregando...

Publicidade

Ceni assume um time em péssima fase, com uma vitória nos últimos 19 jogos. (Foto: JL Rosa)

Cruzeiro será desafio para Rogério Ceni dentro e fora do campo.

Técnico chega a um clube com graves problemas financeiros e de bastidores.

13/08/2019

Em seu novo desafio na carreira de treinador, Rogério Ceni será apresentado oficialmente pelo Cruzeiro nesta terça-feira (13). A oportunidade de voltar a trabalhar em uma equipe de ponta levou o técnico de 46 anos a interromper o contrato que iria até o final do ano com o Fortaleza. Porém, está consciente de que terá de encarar, e superar, vários desafios, alguns de maneira imediata.

Ceni assume um time em péssima fase. Nos últimos 19 compromissos, o Cruzeiro ganhou somente um, diante do arquirrival Atlético-MG, pela Copa do Brasil. Mas a equipe está em situação difícil no torneio, após perder em casa o jogo de ida com o Internacional pela semifinal. Na Série A do Brasileiro, a situação é ainda pior, com 11 rodadas consecutivas sem vencer: clube está na zona de rebaixamento.

Para levar o time a reagir, Rogério Ceni vai mudar o estilo de jogo. Ele tem uma visão bem diferente da de Mano Menezes, que deixou o Cruzeiro após três anos. A equipe que se caracterizou por uma postura defensiva, marcação forte e pelo contra-ataque terá agora um treinador ofensivo e fã do jogo veloz.

O ex-goleiro chega a um clube com graves problemas financeiros e de bastidores. Com dívida acima de R$ 500 milhões, a diretoria sofre com investigações sobre corrupção. No último mês, a casa do presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, chegou a receber visitas de policiais em busca de documentos para apurar possíveis crimes como falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Há também imensa pressão política sobre a diretoria, com o pedido para o dirigente deixar o cargo.

Novo cenário

Depois de trabalhar no São Paulo, onde foi ídolo como jogador, e de resgatar o Fortaleza, ao levar a equipe à Série A, Ceni tem como missão conduzir um elenco renomado. O treinador vai trabalhar no clube com nomes consagrados como Fábio, Dedé, Thiago Neves e Fred. O desafio será conseguir administrar os ânimos e implantar o estilo de trabalho que considera ideal rapidamente.

Rogério Ceni terá pela segunda vez na sua curta carreira a chance de trabalhar em um clube grande da região Sudeste do Brasil. Apesar de o anúncio de sua contratação ter sido bem recebido, o ex-goleiro vai encarar a pressão de conseguir resultados bons rapidamente para obter o apoio do torcedor cruzeirense. Após anos de tamanha identificação com o São Paulo e de relação ótima com a torcida do Fortaleza, agora a meta é conquistar o mesmo respaldo com o público mineiro.



Total de acessos: 253483

Visitantes online: 1