Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução / Diário do Nordeste)

Leandro Carvalho mostra faceta decisiva entrando durante o jogo.

Atacante fez golaço contra o Corinthians que garantiu empate heroico em São Paulo vindo do banco de reservas. Mesma situação ocorreu contra o Palmeiras, quando ele sacramentou a vitória na Arena Castelão.

09/09/2019

A Arena Corinthians está na memória dos torcedores do Ceará. Nos dois últimos jogos que o time cearense fez lá pelo Brasileirão, saiu com o empate. Mas o resultado não é o motivo principal das boas lembranças. As pinturas de Wescley e de Leandro Carvalho contra o Timão sempre estarão na boca do povo. O gol que definiu o heroico 2 a 2 levou à apoteose o Camisa 82 do Vovô. O personagem de Leandro intriga até os mais descrentes fãs do Alvinegro, que viram o jogador enganar o goleiro Cássio com uma curva incrível em cobrança de trivela do escanteio, nos acréscimos.

Contra o Corinthians, o atacante de 24 anos fez seu 3º gol do Brasileirão, o 2º vindo do banco de reservas. Leandro é, ao lado de Mateus Gonçalves e Pedro Ken, o atleta do Ceará que mais entra no meio das partidas, tendo papel fundamental em manter um ritmo ofensivo ao ataque alvinegro. A vitória por 2 a 0 sobre o então líder Palmeiras foi definida pelos seus pés. Enderson Moreira o utiliza preferencialmente pela direita do 4-2-3-1, onde fez grandes jogos em 2018, mas também o lança pela esquerda, invertendo com Lima ou Mateus.

Irregular na temporada, Leandro é criticado por parte da torcida do Vovô pelos erros constantes em campo, perdendo a bola e apostando em lances que o time não acompanha. Fora dos gramados, o valor investido em sua contratação, a 2ª maior da história do futebol cearense, atrás somente de Wescley, é motivo de questionamento.

Antes de sua concussão após um choque na derrota para o Flamengo, o jogador não vinha em boa fase. Foram três jogos com baixo desempenho pelo lado direito, sem a criatividade e o ímpeto ofensivo pelo qual a torcida vibrava no último ano.

Dos 30 jogos com a camisa do Ceará em 2019, somente em três ele atuou os 90 minutos: nas derrotas para o Cruzeiro e para o Fortaleza, e no empate em 1 a 1 também contra o Leão, quando foi expulso no fim da partida.

É inegável a qualidade técnica que Leandro Carvalho possui, manifestada em ocasiões onde a equipe mais precisa e quando menos se espera. Sua imprevisibilidade é o que o destaca.

Xodó da torcida e aposta do presidente Robinson de Castro, o Camisa 82 se tornou um dos personagens mais curiosos de Porangabuçu. O próximo adversário é sua ex-equipe, o Botafogo, na Arena Castelão, no sábado (14), às 21 horas. A expectativa por outro de seus truques aumenta a cada rodada, ainda mais com a "Lei do Ex" batendo à porta.



Total de acessos: 254116

Visitantes online: 1