Carregando...

Publicidade

Ações começarão em bairros com alta densidade populacional e que estão na mira da Prefeitura como possível novos epicentros a partir da disseminação do coronavírus. (Foto: Fabiane de Paula)

Coronavírus: Guardas municipais e PMs farão patrulhas nos bairros para evitar aglomerações

Atividades dentro das comunidades começam nesta quarta-feira (15) no Grande Vicente Pinzón e no Grande Pirambu.

Fonte: Diário do Nordeste
15/04/2020

A partir desta quarta-feira (15), patrulhas da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) irão rodar dentro dos bairros das comunidades da Capital a fim de conscientizar e indicar que moradores respeitem o distanciamento social e fiquem em casa. A medida tem como objetivo principal impedir a propagação do novo coronavírus em Fortaleza.

86

Este é o número de morte por coronavírus apenas em Fortaleza, de acordo com Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). A capital cearense registra 1794 casos da Covid-19.

A informação foi dada pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, em transmissão ao vivo pelas redes sociais no início da noite desta terça-feira (14). Segundo o gestor, os agentes de segurança irão passar "orientando as pessoas que estejam em calçadas para retornarem às suas residências". 

As ações, conforme o gestor, começarão em bairros com alta densidade populacional e que estão na mira da Prefeitura como possível novos epicentros a partir da disseminação do coronavírus, seja porque apresentaram casos confirmados graves da infecção ou registraram óbitos. São eles: os bairros do Grande Vicente Pinzón, como Mucuripe, Serviluz e Cais do Porto; e do Grande Pirambu, que aglutina bairros como Cristo Redentor, Barra do Ceará e Vila Velha. Contudo, as atividades devem se estender por outras localidades.

O prefeito afirmou que, de fato, a circulação de pessoas entre os bairros da Capital continua reduzido, conforme dados obtidos por câmeras de segurança e dos serviços de ônibus. Para ele "tanto é importante a gente não sair de casa para outro bairro para trabalhar ou resolver outro problema, como é importante ficar em casa e evitar aglomeração dentro da nossa própria comunidade", salientou.


Total de acessos: 407199

Visitantes online: 1