Carregando...

Publicidade

Zagueiro Diego Jussani disputa bola com o meia-atacante Andrigo, do Ceará, durante o Clássico-Rei do último domingo, na Arena Castelão. (Foto: JL Rosa)

Bola aérea tem castigado o Leão na temporada de 2018.

08/02/2018

Muito embora os jogadores tricolores não entendam dessa maneira, as chamadas bolas aéreas na defesa do Fortaleza têm sido um problema para a equipe. Dos seis gols sofridos no Campeonato Cearense, quatro deles foram de bolas alçadas na área.

Há apenas um fator a considerar: diante do Horizonte, quando o Leão perdeu por 2 a 1, no Estádio Domingão, um escanteio cobrado pelo lateral Danilo Itapiranga, a bola quicou um pouco antes de entrar na área, entrando no alto do gol de Marcelo Böeck, em gol Olímpico.

Assim sendo, foram dois gols contra o Horizonte e dois contra o Ceará, o que totalizam quatro gols nessa circunstância.

O zagueiro Diego Jussani contesta um pouco os números, o que para ele, seriam apenas dois gols sofridos de bola aérea: "Bolas aéreas, dois gols. Um contra o Horizonte, a bola entrou quase rasteira, na primeira trave e uma contra o Ceará no clássico contra o Ceará. Nós treinamentos muito no sábado essa jogada do Ceará e aconteceu, mas, não podemos ficar cutucando uma ferida. Estávamos há cinco jogos sem tomar gol e de repente, tomamos seis, mas não precisamos ficar procurando culpados e sim ficar mais ligados", disse ele.

Três zagueiros

Talvez já pensando em corrigir esse problema de bolas altas na área tricolor, o técnico Rogério Ceni vem treinando a equipe com três zagueiros desde o início dos trabalhos, na última terça. São eles, Roger Carvalho, Diego Jussani e Ligger.

Vale lrembrar que o Fortaleza tem a defesa menos vazada ao lado do Iguatu e ainda é o lider do Campeonato Cearense.

O próprio Jussani procurou explicar: "Quando o Rogério se apresentou, ele passou para nós como gosta de trabalhar no plano tático e montou um esquema que deu certo, com uma linha de quatro e o que estava jogando estava dando certo, mas chega um momento em que os clubes pegam o que você está fazendo e aí é o momento de procurar outras alternativas", falou Jussani.

Testes

A equipe que vem sendo treinada para o jogo de sábado, às 16h30 contra o Guarani em Juazeiro é a seguinte: Marcelo Böeck; Tinga, Roger Carvalho, Diego Jussani, Ligger e Leonan; Anderson Uchôa, Pablo, Ígor Henrique; Léo Natel e Alípio.



Total de acessos: 177122

Visitantes online: 26