Carregando...

Publicidade

O árbitro expulsou nove jogadores no total e a partida foi encerrada aos 32 minutos. O Vitória ficou com seis em campo e perdeu por W.O. (Foto: Bahia EC)

Nove Expulsões: Ba-Vi termina após briga generalizada.

19/02/2018

Durante a semana, jogadores e comissão técnica fizeram uma campanha para que houvesse um Ba-Vi da paz no estádio do Barradão. Seria o retorno do clássico com a presença dos torcedores das duas equipes no mesmo estádio. Mas dentro, o clima esquentou no 2º tempo, houve briga generalizada, o árbitro expulsou nove jogadores no total e a partida foi encerrada aos 32 minutos da etapa final - o Vitória ficou com seis em campo e perdeu por W.O quando o duelo estava empatado em 1 a 1.

A confusão começou no empate do Bahia. Vinicius bateu e deixou tudo igual. Na comemoração, ele fez a dança do creu em frente aos torcedores do Vitória. O goleiro da equipe rubro-negra, Fernando Miguel, não gostou e foi tirar satisfação. Nisso, outros jogadores do Vitória chegaram e começaram a agredir o jogador do Bahia. Kanu conseguiu acertar dois socos no rosto de Vinícius, que teve o supercílio aberto. Foi o início de uma briga generalizada.

O árbitro, então, expulsou Edson, Rodrigo Becão, Vinícius e Lucas Fonseca, do Bahia. Também deu vermelho para Kanu, Denilson Fernando Miguel e Rhayner do Vitória. Com menos de sete jogadores em campo do lado do Vitória, o árbitro encerrou a partida, com vitória para o Bahia por W.O.



Total de acessos: 235050

Visitantes online: 6