Carregando...

Publicidade

O ataque do Vovô agradou o treinador Marcelo Chamusca. (Foto: Thiago Gadelha)

Campeonato Cearense: Ceará impiedoso ante o Maranguape.

Vovô joga bem, goleia Maranguape por 5 a 1 e, de quebra, rebaixa o Gavião da Serra para a Série B.

19/02/2018

O Ceará mostrou que seu ponto forte é o elenco. Mesmo com os reservas, o time alvinegro deu conta do recado e venceu o Maranguape por 5 a 1, no Estádio Presidente Vargas, ontem, pela oitava rodada do Campeonato Cearense e se manteve na terceira colocação. Foi a maior goleada desta temporada no Estadual.

A vitória parecia fácil desde o início. Aos sete minutos, a equipe já vencia por 2 a 0. O primeiro aconteceu logo aos quatro, quando Arthur Cabral recuperou a bola, entrou na área e chutou forte na saída do goleiro Max Ferrer. Três minutos depois, Arthur avança pela direita, encontra Roberto na área que, de primeira, amplia o marcador.

No segundo tempo, aos 20 minutos, Leandro Canhoto fez o terceiro do Ceará, após receber passe de cabeça de Arthur, na área, e chutar forte cruzado de esquerda.

Lucas Pill ainda tentou botar fogo na partida, marcando em cobrança de falta, aos 23, o único gol do Maranguape no jogo e o segundo do Gavião da Serra no Estadual.



No entanto, aos 32, as coisas voltaram à normalidade. Rafinha, que acabara de entrar, arriscou da entrada da área e marcou o quarto. Três minutos depois, Roberto marcou o quinto, de primeira, após cruzamento de Ernandes.

Com o resultado, o Ceará chegou aos 16 pontos. Já o Maranguape, tem apenas um e foi rebaixado para a Série B do Estadual.

Na última rodada da primeira fase, em busca da liderança, o Vovô encara o Tiradentes, no domingo (25), às 17h, na Arena Castelão. No mesmo horário, o Gavião da Serra apenas cumpre tabela com o Horizonte, no Domingão.

Padrão de jogo

Para demonstrar que Marcelo Chamusca conseguiu dar um padrão de jogo para o time, um dos destaques foi justamente o atacante Roberto, autor de dois gols, além de passe para o primeiro gol de Arthur.

O atacante inclusive, vale uma lembrança. Na vitória por 2 a 1 sobre o Horizonte, Roberto saiu vaiado e ontem marcou seus primeiros gols na temporada. "Não tinha marcado no ano. No jogo passado recebi vaias, mas sei que foi de uma minoria. A gente tem de passar por isso. Por mais que incomode, a gente tem de fazer o nosso melhor e manter a cuca fresca. Cada jogo, uma história diferente e precisamos fazer a nossa parte", disse o jogador.

Roberto elogiou a equipe e diz que todos os jogadores do plantel estão preparados para atuar, independente se é do time A ou B. "Todo mundo é atleta profissional. Cada jogador está buscando o seu espaço e todos estão preparados e focados. O treinador sabe quem colocar nas partidas. A gente vem jogando bem, mesmo com essa maratona de jogos. É natural essa mescla", falou. (Por Ideídes Guedes)


Total de acessos: 237962

Visitantes online: 7